Por Cely Ribeiro Wagner Famílias abandonadas por nós humanos, quando sentimos ou achamos que as situações dificultosas não tem fim. Nós os chamados humanos, quando colaboramos uns com os outros, e conseguimos atravessar os períodos mais exigentes da vida, brindamos e festejamos juntos, ao final.